Anel de Ferrara – Ceratocone

Cirurgia-de-Ceratocone

Implante de Anel de Ferrara

O Anel de Ferrara também é conhecido como Anel Intraestromal ou Anel Corneano.

É uma pequena estrutura de acrílico, em formato de meio círculo, que é implantado em uma das camadas da córnea, apoiado nas bordas da pupila. Essa estrutura tem a função de fortalecer a córnea, impedindo que ela seja deformada pelo Ceratocone.

O Anel de Ferrara é introduzido no estroma, camada mais profunda da córnea, através de uma pequena incisão frontal, de cerca de 2 milímetros. Com o auxílio de equipamentos de precisão, as estruturas são apoiadas nas bordas da pupila e aplicadas sobre o esclera. Esse procedimento faz com que o implante fique invisível e com ar bastante natural.

A maior vantagem do Implante do Anel de Ferrara é que ele pode ser retirado ou substituído sem que haja qualquer dano à córnea. Além disso, este pequeno implante pode manter a córnea mais firme e estável, mantendo a curvatura necessária para o processo da visão.

O Anel de Ferrara não tem função refrativa, o que quer dizer que o paciente precisará continuar o uso de óculos ou lente de contato para melhorar a qualidade da visão.

Este procedimento é usado com o objetivo de corrigir as deformações corneanas provocadas pelo Ceratocone, evitando ao máximo o transplante de córnea.

Instituto de Olhos do Vale poderá esclarecer as dúvidas sobre doenças nos olhos, agende uma consulta com os oftalmologistas de Cruzeiro e região.

Quer saber mais sobre as cirurgias? Acesse a Área de Atendimento e entre em contato conosco. Se preferir, ligue (12) 3211-9010