Neurite Óptica

neurite-optica

A Neurite Óptica é uma inflamação do nervo óptico provocada pela perda da camada de gordura que cobre e protege os nervos.

A Neurite é uma das principais causas de perda repentina da visão, geralmente acompanhada de dor na movimentação dos olhos.

Neurite Óptica x Escleroso Múltipla

Existe uma relação entre a Neurite Óptica e a Esclerose Múltipla.
Cerca de 20% dos casos de Esclerose são identificados depois de um  quadro de Neurite, e cerca de 50% dos pacientes portadores de Escleroso Múltipla desenvolve Neurite em algum momento durante o curso da doença.
Outros processos infecciosos também podem ser gatilho para os quadros de neurite óptica, como Toxoplasmose, viroses da infância (caxumba, catapora e sarampo), doença de Lyme, Herpes, Sífilis, entre outras.

Sintomas

Os principais sintomas associados à Neurite Óptica são queda na qualidade da visão, dor nos olhos e alteração na percepção de cores. Na maioria dos casos, a doença acomete apenas um dos olhos.

Prognóstico

Normalmente, a dor nos olhos melhora dentro de alguns dias. A perda visual também melhora na maioria dos casos, mas também é comum que algum fique alguma sequela permanente na qualidade da visão. A percepção de cores também pode permanecer alterada, dando a sensação de que os objetos estão “desbotados”.

Uma vez estabelecido o quadro de neurite, é possível que aconteçam recorrências no mesmo olho.

Tratamento

O tratamento da neurite óptica é feito de forma clínica, com o uso de anti-inflamatórios venosos. Em casos infecciosos, o tratamento é específico para cada tipo de infecção.
Nós, do Instituto de Olhos do Vale, estamos à disposição se você quiser tirar dúvidas sobre a doença e seu tratamento. Agende uma consulta com o oftalmologista em Guaratinguetá- SP, e mantenha a saúde dos seus olhos em dia.
Quer saber mais sobre as doenças oculares? Acesse a Área de Atendimento e entre em contato conosco. Se preferir, ligue (12) 3211-9010